elementary

A Irene do Sherlock Holmes

18:00

    

 Oi todo mundo, hoje eu vou falar de algo um tanto quanto aleatório, mas senti vontade de escrever sobre isso, então aqui estou! Sim, sobre a Irene Adler, personagem do Arthur Conan Doyle.

     Se você não conhece tal personagem, ou não sabe quem é o autor em específico, eu te digo: ela é uma personagem presente nas histórias sobre Sherlock Holmes, é a mulher da vida dele, ainda que ele não tenha sentimentos. Acho difícil alguém não ter lido, ou visto nada com o Sherlock Holmes então não vou me estender muito falando sobre isso, acontece que hoje quero comentar em específico sobre a personagem do livro original, e a da série Elementary, que é a minha série preferida da vida, caso você não saiba ainda.

     Acontece que eu tenho lido os livros originais sobre o Sherlock Holmes, e em um dos contos, tal personagem foi mencionada, e eu achei extremamente mesquinho a maneira como ela foi exposta. Ainda que faça total sentido de acordo com a pessoa que o Sherlock é, eu me senti mal lendo aquilo, risos. Acontece que o Watson, sim, porque o livro é narrado por ele, disse que o Sherlock se refere a Irene como "a mulher", porque ela é a única que merece ser chamada como tal. Como se isso não fosse desconfortável o suficiente, ao longo da história, outras pessoas a citam como "o rosto da mais bela mulher, e a mente de um homem" alguma coisa do tipo, e isso, realmente é péssimo. Porque não apenas diminuem todas as mulheres como um todo por ela ser A única, ser A mulher, diminuem todas as mulheres de novo, inclusive a própria Irene, ao dizer que ela é boa, esperta e etc, apenas porque pensa como um homem. Totalmente desagradável. 

     Eu tenho plena consciência sobre o fato de o livro ter sido escrito em outra época, principalmente porque amo os livros da "Agatha Christe", mas mesmo já tendo esbarrado em situações parecidas, e entendendo que esse é o tipo de coisa que o Sherlock falaria porque ele não despreza só as mulheres, mas todas pessoas em um geral, eu torci o nariz quando li.

     E aí você me pergunta, o que isso tem a ver com a personagem da série? Eu detestava ela, de fato, ela era péssima, não de ruim, mas de enjoada. Mas ao ler o livro sinceramente, eu passei a detestá-la menos, eu vi a situação de um outro ângulo e cheguei a conclusão de que não é ela que é chata, ou esperta demais, é o Sherlock que age como um idiota por causa dela, e muda a percepção que a gente tem dela por causa das coisas que ele fala, tanto para o positivo, quanto para o negativo. 

     É isso gente, no fim das contas eu só queria mesmo comentar sobre isso, isso não muda absolutamente nada na história e de maneira alguma me fará parar de ler o livro, ou ver a série, mas achei que valia a pena falar. Espero que vocês tenham tirado algum proveito do meu desabafo hahah, comentem aqui se vocês já sentiram algo semelhante em relação a algum personagem, e até o próximo post!

Acesse também

0 comentários

Se inscreva

Curta no Facebook