Arte

Como perder a insegurança de desenhar?

18:00

   

     Oi todo mundo, geralmente quando eu coloco uma pergunta no título do post eu tenho a resposta para escrever. Eu faço a pergunta, e respondo pra vocês, muitas das vezes depois de eu mesma ter me perguntado isso. Hoje entretanto, o título é uma dúvida pessoal, que eu ainda estou trabalhando na resposta.

    O post planejado na minha mente para hoje era sobre o desafio que comecei, e sobre o que eu decidi mudar nele. Há alguns dias eu ouvi o nerdcast sobre o filme Mother, e em algum ponto, alguns dos participantes comentarem sobre criar apenas por criar. Criar sem intenção, ou propósito, de melhorar não faz sentido. E isso entrou na minha cabeça e me fez questionar se o tal desafio de 30 dias me faria melhorar, ou se eu o estava fazendo apenas para cumprir algo, algo que no fim não me acrescentaria tanto assim.

    Acabei chegando a conclusão de que de fato, eu talvez não melhorasse tanto, simplesmente por não serem temas desafiadores e por eu estar me focando mais no acabamento, do que na estrutura do desenho. Com essa conclusão alcançada, decidi mudar, e focar meus novos desenhos em rascunhos e estruturas, decidi fazer corpos e rostos ( coisas que evito ao máximo e tenho mais dificuldade), pois acreditei que assim eu melhoria. Entrei então em uma busca de livros e técnicas de aprendizagem sobre o assunto. E percebi que na verdade, apesar de que sempre há muito a ser aprendido, eu já sei um boa parte de como tais desenhos funcionam.


   Eu sou formada em moda, eu tive várias aulas, e eu já desenhei muito na vida. E aí me veio esse questionamento, eu realmente não sei desenhar, ou eu acho que não sei? Eu não me sinto confiante para começar a desenhar um personagem do zero, eu estava totalmente decidida a começar do básico, mas de repente me parece tolo fazer isso, uma vez que eu já fiz estudo de estruturas e rascunhos de desenho, várias vezes, em várias técnicas diferentes. E então eu realmente fiquei com dificuldade em conseguir separar o que é uma limitação nas minhas habilidades de desenho, do que é um limite que eu impus em mim mesma. 

    Eu não quero, e nem devo ficar em um looping eterno de fazer as mesmas coisas, pois isso não me fará melhorar, tópico inclusive que tem acontecido comigo ao estudar coreano, mas isso é assunto pra outro post. Assim como também não quero me pressionar a fazer coisas que eu não seja mesmo capaz de fazer. Acho que no fim das contas eu preciso de fato é tentar, tentar e descobrir, até onde eu realmente sei, e o que eu preciso melhorar, para então eu focar meus esforços nisso. Além de simplesmente deixar que eu melhore com o tempo, e com o próprio ato de desenhar, do que me focar em aprender técnicas que de certa maneira eu já saiba. 

   De qualquer forma eu continuo fazendo o desafio dos 30 dias porque achei divertido, e vou mostrar pra vocês no instagram, ou por aqui mesmo com a passar do tempo. Comenta aí se você já passou por isso e se você tem alguma dica para me dar. Até o próximo post!

Acesse também

0 comentários

Se inscreva

Curta no Facebook