criatividade

Creative Journal | Recordações

09:00


    Oi todo mundo, vocês já acompanharam bastante, principalmente no youtube, o quanto tentei fazer um bullet journal e usá-lo como agenda de compromissos. Infelizmente acho que esse foi um erro bem grande que cometi, já que nunca consigo usá-lo, já estamos no mês sete e eu ainda não sei o que funciona para mim. Mas um acerto que fiz foi criar outro journal, só que apenas com recordações, e é sobre isso que vou falar hoje.

   Eu claramente sou uma pessoa que gosta de escrever, eu mantenho esse blog há anos, e acho que é uma das coisas que mais me alegram. E ter um diário, sim gente, a gente chama de journal porque é mais moderno, mas é um diário, tem me feito muito bem. Primeiro porque gosto de escrever, segundo porque treino meu inglês, já que escrevo em inglês. Tenho planos de escrever em coreano também, mas ainda vai demorar um tempo para isso acontecer. E terceiro porque é uma ótima maneira de desabafar. Eu sempre fui, e acredito que sempre serei, uma pessoa muito introvertida. Me incomoda conversar no geral, mas conversar sobre mim mesma, minha vida ou sentimentos é ainda pior, só que as vezes externar o que a gente sente faz bem. E ter esse journal tem me ajudado muito nisso.

   Além disso, sempre me faz bem ver o que já fiz, seja porque artisticamente me agrada ter um caderno cheio de desenhos e colagens, ou pelo fato de olhar para esse journal como experiências que eu vivi. É claro que não sento e escrevo tudo o que sinto, nem na hora que sinto, mas gosto de escrever no meu celular quando passo por algo significativo, e depois em um dia reescrevo tudo, e meio que revivo aquilo também.

   Se foi algo positivo/feliz me alegro de novo, e se for algo triste ou difícil, geralmente fico feliz por ter superado. As vezes os acontecimentos parecem grandiosos no momento em vivemos eles, mas depois você percebe que eles não são tão grandiosos assim. 

   Definitivamente eu gosto muito de ter criado esse journal, e sugiro que você tente criar um também, talvez isso te faça tão bem quanto me fez.

Acesse também

0 comentários

Se inscreva

Curta no Facebook