agatha christie

Resenha dupla - Agatha Christie

10:43


Oi todo mundo, hoje vou falar de dois livros da queridíssima, e dessa vez um livro com a presença da Miss Marple e outro com a do Poirot.

Antes de mais nada, eu gostaria de falar sobre a edição que tenho desses livros, que é diferente de todos que tive até então. É uma edição econômica da L&PM. Honestamente eu tenho sentimentos mistos em relação a essa edição, eu normalmente prefiro ler livros sem ser em capa dura, então gostei dos livros, por eles serem maleáveis, e de certa forma, trazerem um sentimento mais de liberdade, mas me sinto meio incomodada por eles serem diferentes dos outros livros que tenho da autora.  Apesar de ser uma edição econômica eles tem folhas amareladas, e com espessura próxima do padrão. 

A casa do Penhasco

Indo para a primeira história, como sempre, adorei o mistério envolvido, e dessa vez, o que achei interessante é a apresentação da personagem principal. O próprio Poirot se mostra um pouco mais envolvido com a personagem, e acaba passando isso para o leitor. Inclusive tem outro livro que vou resenhar em breve, que tem uma descrição maior dos sentimentos e personalidades do personagem envolvido, e assim acaba trazendo mais profundidade para o livro, o que tira o foco exclusivo do crime. Isso ao meu ver é algo que pode dar mais seriedade para a história, porém traz também um peso maior. 

Algo que eu sempre gosto nas histórias da Agatha é a leveza, e eu acredito que um dos motivos para os livros serem leves é o fato de você não conhecer os personagens, nem criminosos, nem vítimas. Quanto mais detalhes você sabe sobre eles, mais apegado você fica, e consequentemente tem mais sentimentos envolvidos. Não se tornou um livro totalmente voltado para os personagens, mas ainda assim, eu senti essa diferença entre os livros que já li da autora.

O fim desse livro para mim foi um pouco previsível, mas como vocês sabem, eu leio muitos livros da autora, e do gênero, então é mais fácil para eu imaginar o final. Acho que a história pode ser muito mais interessante para quem ainda não tem o hábito de ler nada nesse estilo. No mais é um livro 3 estrelas, pelos motivos já citados. 

Assassinato na casa do pastor

Se você tem o costume de me acompanhar no blog, canal, ou nas redes sociais da vida, já deve ter me visto dizer que não gosto muito dos livros protagonizados pela Miss Marple, acontece que depois que li esse livro, (e depois que li contos do detetive Dupin), minha visão sobre ela mudou bastante. Acontece que esse é o primeiro livro no qual ela aparece, e ela é apresentada de maneira mais clara, como a vizinha observadora (cof fofoqueira cof), e eu nunca tinha visto ela dessa maneira. Acabei achando-a bem divertida. Tanto ela, quanto as outras senhoras que fazem parte da história.

Além disso, depois de eu ter lido as histórias do detetive Dupin, do Edgar Allan Poe, que foi o primeiro a criar esse tipo de personagem, me senti um pouco mal por gostar do Poirot. Apesar das diferenças, das quais inclusive ainda pretendo falar futuramente, eles são bem parecidos, e eu, por gostar tanto dos livros da Agatha Christie, queria que ela tivesse sido a criadora oficial desse estilo de personagem. E aí entra a Miss Marple. Uma personagem comum, que existe no nosso dia-a-dia, mas que tem a perspicácia de um detetive. Eu senti como se as histórias da Miss Marple fossem mais originais, criadas realmente pela Agatha, e isso me alegrou muito.

Eu ainda acho os livros da Miss Marple com o ritmo mais devagar, até pelo fato de sempre ter descrição sobre a cidade e o convívio social, mas agora os vejo de um jeito bem melhor. A história desse livro em si é um clássico da Agatha Christie, um suspense leve, divertido e surpreendente, diferente do primeiro livro do qual falei, esse conseguiu me surpreender, o que é bem difícil. Por isso, e pelos motivos já citados, ele vai ganhar 5 estrelas! 

Comentem aí se vocês já leram esses livros, se gostam deles, e se já viram a Miss Marple da maneira que eu vi, e até o próximo post! 

Acesse também

1 comentários

  1. Não é meio chato escrever esse monte de coisa e ninguém comentar nada não? Seu blog é muito paradinho...

    ResponderExcluir

Se inscreva

Curta no Facebook