03 dezembro 2020

Caraval | Stephanie Garber


Oi todo mundo, hoje eu vou falar sobre um livro que comprei em uma feira por incríveis R$10,00!!! A primeira coisa que quero dizer é que fui bem sortuda de achá-lo nessa feira porque eu já queria esse livro há muito tempo, e a edição é muito linda! Capa dura, com umas partes brilhantes na capa, além de detalhes durante todo o livro nos inícios de capítulos. Lembro de ter visto muitas pessoas criticando esse livro e por isso eu já tinha a expectativa bem baixa. 


A história é sobre uma espécie de circo mágico, e durante todo o livro fica um questionamento quanto ao fato de ele ser ou não mágico de verdade. Eu não achei que o livro foi de todo ruim. Acho que foi uma história muito rápida de ser lida, só não é o meu tipo de fantasia preferido, já que ele tem um ar mais lúdico. Me lembrou um pouco Alice no País das Maravilhas. Ele foca bem mais em descrição de roupas e ambientes do que na magia em si, na parte fantástica, e isso me incomodou um pouco já que eu me interessei mais pela história do circo e do mágico. 

Outro ponto não muito interessante é o romance, ele tem um instant love muito grande, além de ser meio maçante nesse ponto. Lembro de ficar indignada com a personagem principal estar apaixonadíssima da vida por um cara qualquer a troco de nada, risos. Além disso o livro começa com uma cena já bem pesada, mas ao longo dele não acontece nada de impactante, e ele chega a ser até mesmo um pouco infantilizado em alguns momentos, o que acaba não condizendo muito bem com o início do livro. 


O final tem um gancho interessante e eu estou curiosa para ler o próximo livro, espero que o próximo livro seja melhor que esse. Apesar de esse não ter sido o pior livro que já li, não é também o livro mais fantástico, acho que eu encaixaria ele em livros medianos, que valem a pena ser lidos pela distração mesmo, já que como eu disse, ele foi bem rápido de ler. Você já leram esse livro? Gostaram da história? Contem para mim nos comentários e até o próximo post!

Nenhum comentário:

Postar um comentário